Perfil

Minha foto
Raimundo Machado de A. Neto, estudante de Jornalismo da Faculdade 7 de Setembro.

terça-feira, 8 de abril de 2014

CASO ANDRÉ VARGAS - JORNAL O ESTADO CE

A foto abaixo, trata-se de uma matéria publicada hoje na Editoria Nacional do Jornal O Estado, acerca da polêmica do deputado federal - André Vargas, investigado por lavagem de dinheiro em operação intitulada de Lava Jato em conjunto com o doleiro Alberto Youssef. Ambos estão sendo investigados pelo Ministério Público Federal.




RC suspeita de boicote à iluminação pública

Há duas semanas, várias avenidas de Fortaleza estão sem iluminação pública. Em entrevista na manhã de ontem, o prefeito Roberto Claudio comentou o problema, afirmando que uma investigação está sendo feita pela polícia civil, sobre o furto de mais de dois quilômetros de fiação nas vias. “Fortaleza foi roubada em mais de dois quilômetros de fiação e foi um roubo cirúrgico, feito por um eletricista de primeira. Ainda não sabemos quem foi, nem como foi, mas já estamos investigando este possível boicote e vou denunciar publicamente quando descobrir quem está envolvido neste ato de vandalismo”.
Em entrevista à jornalista Kezya Diniz, na rádio Expresso SomZoom Sat, na manhã de ontem, o prefeito também justificou as falhas na iluminação, lembrando as fortes chuvas dos últimos dias e a mudança contratual com a empresa prestadora na semana passada. “Há quase 10 anos estávamos com uma mesma empresa, sem licitação e pagando mais caro. Estamos agora com uma empresa em estado de emergência, para concluir o processo definitivo de licitação”, referindo-se à empresa Alusa Engenharia, que apresentou preço menor e garantia de melhorar a qualidade do serviço ofertado, com aumento de um terço da equipe já existente.
Percurso perigoso
Nas duas últimas semanas, o percurso na Avenida Heráclito Graça, no Centro, tornou-se mais perigoso, isso porque vários trechos da via estão sem iluminação.  Mesmo com os pontos de ônibus lotados, o auxiliar de serviços gerais, Tércio Luís, diz que não se sente tranquilo. “Aqui normalmente é muito perigoso, sofremos com constantes assaltos, imagina sem luz desse jeito”.
As amigas Carolina Alves e Fernanda Pontes, também contam que temem esperar o ônibus na avenida escura. “Hoje nós vamos de táxi, por conta da chuva, mas desde a semana passada, estamos pegando o ônibus em outra avenida”.
O problema não é exclusivo da Avenida Heráclito Graça. A continuação dela, a Duque de Caxias, também possui trechos com postes apagados desde a semana passada. A população também relata a mesma situação em vias como a Leste-Oeste, Cidade 2000, Conjunto Ceará e Padre Antônio Tomás.
Reparos
Em nota, a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos informou que os trechos mencionados já foram identificados e corrigidos ou estão em processo de correção. Os reparos na Avenida Padre Antônio Tomás estavam previstos para acontecer na madrugada desta segunda (7). Já o trecho sem iluminação no Conjunto Ceará tem intervenção programada hoje.
SERVIÇO
A Secretaria informa, ainda, que a empresa prestadora de serviço Alusa Engenharia já está nas ruas com equipes nos três turnos, resolvendo os problemas constatados.  E solicita o apoio da população na denúncia de suspeitos de furtos ou atos de vandalismo contra o patrimônio público, pelo bem de toda comunidade. O Disque Iluminação está atendendo através do número gratuito 156.
Fonte:
Jessica Fortes - Jornal O ESTADO CE
jessicafortes@oestadoce.com.br

quarta-feira, 26 de março de 2014

[EXCLUSIVO] Rachel Sheherazade, âncora do SBT Brasil, concede entrevista ao blog.


Olá amigos, conforme anunciei no Facebook, estou fazendo uma longa pesquisa sobre a vida de Rachel Sheherazade, âncora do principal telejornal da emissora de Silvio Santos (SBT). Com EXCLUSIVIDADE informo aos meus leitores e seguidores do blog, que logo em breve, estarei fazendo a apresentação do meu TCC. O projeto é basicamente falar sobre o JORNALISMO OPINATIVO, algo que Rachel sabe exercer com vigor. Logo abaixo, você irá conferir certas informações (respostas) que a jornalista me enviou com muito carinho.



Raimundo, seguem, abaixo, as respostas às perguntas que me enviou.
Att,

Rachel Sheherazade


1 - Jornalismo pra você é uma paixão. Mas como você avalia a nossa
categoria ? Avaliando a tal categoria, o que mais lhe pertuba e o que
mais lhe agrada ?

Jornalismo para mim é uma missão. Cumprimos a missão de informar e formar cidadãos conscientes da realidade a sua volta, de seus direitos e suas obrigações. Nós, jornalistas, Somos os olhos que investigam, os ouvidos que apuram, a voz que denuncia. Acredito que nosso papel social é importantíssimo porque é, acima de tudo, transformador. É exatamente isso que mais me agrada na nossa profissão: o poder de transformar o indivíduo e a sociedade através da informação.

O que mais me perturba no Jornalismo são as amarras que impedem muitos profissionais de cumprir bem o seu papel. O comprometimento da imprensa tem que ser eminentemente com a verdade dos fatos – doa a quem doer. Mas, infelizmente, noto que muitos veículos acabam agindo como marionetes do poder político e econômico. Isso transforma o jornalista num mero porta-voz dos poderosos, um assessor de imprensa de governos e partidos.


2 - Você tem uma opinião forte sobre o que acontece ao seu redor,
correto ? O que seria esse forte que, não sou eu quem disse, mas sim,
o Datena (Band) afirma com louvor ?

A opinião forte é a opinião livre. Não tenho cabrestos, não sigo a multidão, não remo a favor da correnteza do politicamente correto – nem sempre correta. Falo com firmeza porque falo com convicção, porque só defendo aquilo em que eu acredito. Meu falar é como manda o Evangelho: sim sim, não não.  


3 - Ser uma porta-voz da sociedade brasileira, principalmente dos
menos esclarecidos, é algo saudável para a sua imagem ? Justique.

Nunca me propus a ser porta-voz da sociedade. Sou porta-voz das minhas certezas. Mas, como estou sempre em sintonia com as necessidades do meu povo, principalmente, dos mais esquecidos, acabo sendo uma representante dessa parte da população e uma defensora de seus anseios. Tenho ouvido muito dos telespectadores que falo o que eles não podem dizer. Que sou a voz de quem não tem vez.

4 - O SBT tem como patrão o senhor Senor Abravanel, conhecido na mídia
como Silvio Santos. Em certo momento, em um ano distante e que, não me
recordo agora, ele disse que na emissora dele só trabalham jornalistas
que dão INFORMAÇÃO e nada mais. E agora ? O que fez ele mudar de
atitude ao seu ver ? Será que com a sua entrada no SBT BRASIL, a
filosofia dele de ver jornalismo mudou ?

Não sei se ou o que mudou no modo do Sílvio Santos enxergar o jornalismo. Você teria que perguntar diretamente ao patrão.

5 - A senhora se sente incomodada com algum assunto midiatico do
momento ? Ter sido escrachada pela Veja e Carta Capital é algo
rotineiro. Você considera como uma inveja ?


Quando alguém está em evidência, é natural que seja alvo de críticas e elogios da mídia. Isso acontece frequentemente e é natural, principalmente em se tratando de alguém como eu que despontou no jornalismo fazendo críticas incisivas a poderosos. Se meus colegas tem reservas para falar de certos partidos ou governos, eu tenho coragem. Até porque não tenho comprometimento com nenhuma legenda ou homem público. Quanto às críticas e às inverdades veiculadas em determinadas revistas e blogs de autoria duvidosa, não sejamos ingênuos. Nós que vivemos os bastidores do jornalismo sabemos bem a que interesses servem certos veículos. Não me refiro à VEJA, uma revista que sempre se pautou com responsabilidade e respeito diante dos fatos e sempre fez questão de me ouvir antes de emitir qualquer informação. Mas, outros veículos que publicaram calúnias a meu respeito não têm o mínimo de credibilidade e não passam de porta-vozes de interesses escusos. O compromisso deles, obviamente, não é com a verdade, com a informação. Quer saber da idoneidade de um veículo? Pergunte quem o financia.

6 - Qual seu maior sonho de vida ? Se você n fosse jornalista, faria o q ?

O maior sonho da minha vida é a minha família. E se não fosse jornalista, seria um milhão de coisas. Tenho vários interesses, outras vocações. Poderia ser uma mãe de família, dona de casa, e o seria com muito orgulho. Seria uma ótima artesã, ou arquiteta. Como juíza ou advogada também acredito que seria competente. Tenho muito jeito com crianças, portanto, ficaria feliz trabalhando com elas. Poderia montar um negócio, virar empresária. Já fui professora de inglês e faria isso outra vez. Gosto de plantas e jardinagem. Poderia ser uma excelente anfitriã se tivesse um hotel ou pousada. Na tv, também encararia com entusiasmo outros projetos fora do jornalismo. São muitas as possibilidades.  

7 - Rachel, o que a imprensa chama de jornalismo opinativo é o
trabalho que vc exerce diariamente ou é um equívoco meu ? OPINIÃO tem
que ser necessariamente do jornalista ?

Fazemos jornalismo opinativo, pois vamos além da comunicação do fato. Nós mergulhamos na notícia e a analisamos sob nosso ponto de vista particular. Portanto, é isso que fazemos: jornalismo com análise e opinião. E a opinião pode ser de qualquer um: de um técnico, um leigo, de um curioso, até mesmo de um jornalista. 


8 - Representar a nação nordestina é algo maravilhoso. Fico feliz.
Agora, no caso da garota que falou mal da nossa região, o q vc tem
mais a acrescentar ? Você acha que ainda há mtos preconceitos ?

Não tenho nada mais a acrescentar. Preconceito é, como eu disse, e repito: pura ignorância.

9 - Quero dados seus referente ao que vc fez no jornalismo. Sem ser no
meio televisivo

Trabalhei como repórter nas afiliadas da Record e da Globo na Paraíba. Fui âncora, entrevistadora e comentarista na afiliada do SBT. Fui assessora de comunicação do Tribunal de Justiça da Paraíba. E também atuei como repórter especial do Tribunal de Justiça da Paraíba para a TV Justiça em Brasília.

10 - Quero maiores detalhes sobre o modo SBT de fazer jornalismo. A
filosofia da empresa. A sua filosofia.

Os princípios do jornalismo no SBT são a imparcialidade, a credibilidade, a seriedade. Fazemos um jornalismo didático, moderno, popular, apartidário e respeitoso para com o público. Esses são princípios pensados e imprimidos pelo empresário Sílvio Santos, para que o jornalismo da emissora possa bem informar “para melhor formar nosso povo e nossa gente”.     
Minha filosofia de jornalismo se resume em uma palavra, um princípio que é, ao mesmo tempo, revolucionário e libertário: VERDADE.

terça-feira, 25 de março de 2014

[EXCLUSIVO] Cobertura do evento "Fun Party" - Subsolo Pub




Na noite de ontem (24), estive participando do evento "Fun Day", no Subsolo Pub. O Subsolo Pub é o mais novo conceito de bar-boite da Capital. Conferi de perto, fiz altos cliques e fiquei encantado com a qualidade musical dos artistas que lá estavam se apresentando. Especificamente ontem, as atrações foram o conceituado DJ Morr (Ronaldo Navarro) e a Banda Locomotiva (que toca músicas Pop de excelente gosto, desde 1999). Sou suspeito pra falar, mas jamais esperava encontrar tanta gente conhecida da mídia e, porque não, o empresário e colega, Cláudio Ary, dono da Fun TV.

Além de minha pessoa, outro veículo de comunicação esteve presente no evento: o Paparazoom, pertencente a grande publicitária de alto teor de inteligência e marketing - Jaqueline Maia.

Tratando agora sobre o set que o DJ Morr tocou, posso dizer com toda a certeza do mundo: FOI TOP. Hits de Lana Del Rey - Summertime Sadness, a versão 2014 de Depeche Mode - Enjoy The Silence, o mais novo sucesso de Daft Punk - Lose yourself to dance, dentre outros, estiveram em sua playlist fenomenal. 

Parabéns a todos os envolvidos e agradeço também ao DJ ITAQUE FIGUEIREDO pelo convite e indicação e, consequentemente, ao talentoso colunista - Pompeu Vasconcelos.

Era isto e continuem acompanhando as minhas redes sociais,sempre com bons cliques e jornalismo com qualidade. Era isto !







                                                                          DJ Morr



                                             Eu e meu querido amigo Ronaldo Navarro (DJ Morr)



                                   DJ Morr e DJ Itaque Figueiredo - Donos da PLUGG Agência de Djs


1015 pessoas foram assassinadas no Ceará nos primeiros 84 dias do ano

Mil e quinze pessoas foram assassinadas no Ceará até às 23h59 deste domingo (23). O número representa 12,4 mortes por dia. Em Fortaleza, os números também são alarmantes: no ano passado, 2.017 pessoas foram assassinadas na capital, o que representa 5,5 mortes a cada dia.  Só no carnaval de 2014, 25 pessoas foram assassinadas em Fortaleza.
De acordo com levantamento da ONG Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal, do México,  Fortaleza é a sétima cidade mais violenta do mundo e a segunda do Brasil. São 72 assassinatos por 100 mil habitantes. Acima de 10 homicídios por 100 mil habitantes, a Organização Mundial de Saúde (OMS), considera uma epidemia de violência.
Hoje, o estado do Ceará tem 58 mil foragidos, 11 mil deles acusados por homicídio. “O criminoso, no Ceará, para ser preso, tem que ser muito azarado. A Polícia Civil não tem efetivo pra investigar nenhum crime”, destaca o presidente do sindicato de Policiais Civis do Ceará, Gustavo Simplício Moreira.
A secretaria de Segurança discorda dos números e tenta justificar. “A gente tem uma situação que não é de conforto. Mas você tem a polícia fazendo o seu papel, dando as respostas adequadas. Para você ter ideia, nós realizamos nos últimos cinco meses cerca de 10.500 prisões em flagrante”, destaca o Servilho de Paiva, secretário de segurança do Ceará. De acordo com a SSPDS, mil novos policiais estão em treinamento e devem reforçar o contingente que hoje é de 15 mil homens;
O governador Cid Gomes culpa as drogas e a impunidade pelo aumento das mortes e defende a diminuição da maioridade penal. "Hoje temos problemas na legislação. Há necessidade de encurtar os prazos, os processos, redução de recursos. Há uma discussão sobre redução de maioridade penal. Isso é sempre polêmico. Eu penso, sinceramente, que há uma idade menor que 18 anos em que as pessoas já podem ser conscientes do que estão fazendo. E esse é um assunto que eu coloco mas não é da nossa alçada", afirmou.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Shopping em construção da Capital pega fogo

Na tarde desta segunda-feira (10), por volta das 15 horas, iniciou-se um incêndio de uma dimensão inexplicável nas obras do shopping Rio Mar que, ainda não tem data certa para entrega à população. Segundo o que está sendo veiculado na grande mídia, a obra que segue em ritmo acelerado, está sendo controlada pelo Corpo de Bombeiros que ainda encontra-se no local. 

A nossa reportagem também informa em primeiríssima mão, relatos da população revoltada com mal-cheiro e, insatisfeita com o ritmo de atendimento no terminal do Papicu.

Outras informações vocês conferem em tempo real nas minhas redes sociais.

Confira abaixo duas fotos referentes ao fato citado acima.

Era isto.





Foto enviada por Priscilla Levy (colaboração)


Fumaça sendo vista por outro ângulo





quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Informações úteis do momento + Matéria do dia !

[NEWS] A ex-senadora Patrícia Saboya foi indicada para assumir cargo no Tribunal de Contas do Estado do Ceará. A informação vem de Kezya Diniz

[NEWS] Investigação: Polícia procura por quadrilha responsável por explodir caixas eletrônicos na região de Alto Santo. Todo o valor disponível nos aparelhos bancários foi levado. Até o presente momento, ninguém foi preso. Via G1 - O Portal de Notícias da Globo

[SHOW DO ELTON JOHN] - Informações sobre o esquema de segurança, acesso e trânsito: clique aqui

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Matéria do dia: Pode a Venezuela impactar os Estados Unidos em níveis de preços de energia ?

Por:    

Tradução: Raimundo Machado Neto


Alvo de protestos constantes e quase que diariamente, o presidente venezuelano - Nicolás Maduro, é visto por especialistas políticos, como um personagem alvo de afetação para a economia norte-americana.

A equipe da Fox News, por meio da analista McFarland, entrou em contato com Eric Farnsworth, vice-presidente do Conselho das Américas. Segundo o que foi apurado, Farnsworth disse à imprensa, que os protestos estão indo além das frustrações advindas da gestão de Maduro.

"Os protestos são profundos. Nasceu da deficiência de uma economia incapaz de produzir e fornecer bens básicos. Bens estes que considero essenciais para à população", disse. Ele ainda considerou que a saúde deveria ser mais sofisticada, se comparado à outros serviços.

Voltando aos comentários dos especialistas, a economia venezuelana poderia ter tido impactos negativos e, os efeitos atuais são advindos das reformas bolivarianas do socialista, Hugo Chavez.

Agora, em se tratando das relações EUA e Venezuela, a diplomacia entre estes países, é vista como fraca. Ambas dependem uma da outra para venda e exportação de um bem tão precioso como o petróleo.

Por fim, Farnsworth relata que "somos uma economia forte, temos ainda boa parte do petróleo venezuelano pois, a compra é feita por preços à nivel de mercado que, provavelmente, não sofrerá grandes modificações", encerrou assim suas palavras.

(O texto original encontra-se aqui)


terça-feira, 26 de novembro de 2013

INSS começa a pagar 2ª parcela do décimo terceiro

Os aposentados e pensionistas do INSS já podem se programar para a maratona das compras natalinas. Esta semana vem sendo paga a segunda parcela do décimo terceiro salário, juntamente com o benefício de novembro.
Os segurados do INSS podem acessar o contracheque nos terminais de autoatendimento do banco. Pelo calendário, os aposentados e pensionistas que ganham até um salário mínimo e possuem cartão com final 1 são os primeiros a colocar o dinheiro extra no bolso.
A partir de 2 de dezembro será a vez dos que ganham acima do mínimo. Especialistas recomendam cautela no uso do dinheiro extra do décimo terceiro salário.
As informações são da repórter Hermínia Vieira do Ceará News 7

OPORTUNIDADE PARA ESTUDANTES DE JORNALISMO

Universidade de Harvard oferece bolsas de estudos para jornalistas

A Universidade de Harvard, no Estados Unidos, aceita inscrições para bolsa de jornalismo investigativo até 1º de janeiro. O projeto compreende a produção de estudos sobre corrupção institucional no Lab at the Edmond J. Safra Center for Ethics.
Para concorrer, é preciso ter experiência mínima de cinco anos na área de jornalismo investigativo. Os bolsistas receberão seguro de saúde e auxílio com o visto e documentos de viagem.
As inscrições serão realizadas por formulário online. É necessário enviar duas cartas de referência, currículo, orçamento do projeto e proposta descrevendo a instituição alvo da pesquisa. Para mais informações, acesse o site da Universidade.
Fonte: Portal Comunique-se

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Usando minha sensatez....

OPINIÃO – O que esperar de uma manifestação sem acordos ? 

A segurança pública do Ceará está cada vez pior, que falar disso em nosso programa já está virando algo clichê. Mas tudo bem. Vivemos em uma cidade violenta, onde nosso governador deveria nos escutar mais. Infelizmente, mais uma vez, tivemos um retorno insatisfatório. Por quê? Simplesmente, pelo fato de nossos representantes não estarem um pouco preocupado com uma educação de qualidade, por não oferecerem crédito aos professores que tanto lutam por salários dignos, salas de aula cheias de alunos com mentes brilhantes. Até porque, nem todos, a meu ver, têm essas tais mentes. Porque estudante de verdade, é aquele que vá a aula e é determinado e eu vejo, quer queira, quer não queira que os estudantes desse país, deveriam ser o futuro desta nação. Acontece, que a nossa presidenta Dilma tá encerrando o primeiro mandato de modo errado, diferente dos primeiros meses quando foi eleita em que demitiu vários ministros, como Carlos Lupe. Agora, estamos presenciando de modo costumeiro às manifestações locais. Isso mesmo que você ouviu, viu?

O Ceará, querido telespectador, está cheio de gente querendo protestar. Pedir seus direitos. Mas como pedir direitos sem ferir a ética e a moral? Pois é, muito difícil, mas é possível. Basta querermos. Basta que o Cid Gomes venha a aprender lições básicas de vida, que possa aprender amar o próximo e, não só pensar em política mercadológica, como compra de votos e promessas e mais promessas.

Por isso, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo são as nossas inspirações para estarmos todas as manhãs, debatendo sobre o que é ser jornalista imparcial, sem ferir ninguém. Não queremos ofender o Sr. Cid, mas queremos que ele não nos ofenda também. Pois, trazendo essa “bagunça” que repercute no mundo todo, não dá. Sinto muito, mas não dá. Era isto. Um bom dia e até amanhã.